//
id.126
Jornalismo_Digital, Rotina

Metro1 se mantém com a colaboração de leitores e ouvintes

Cláudio Jansen, Emile Conceição, Émille Cerqueira, Jéssica Chagas e Wilka Brasil

Felipe Paranhos, editor Metro1. Fonte: Cláudio Jansen

Felipe Paranhos, editor Metro1. Fonte: Cláudio Jansen

O site Metro1 se caracteriza pela participação dos leitores, e ouvintes da rádio, na apuração de notícias. “Têm muitos registros espontâneos enviados por ouvintes sobre o que acontece na cidade, o que ajuda a redação com o problema da falta de pessoal na rua”, explica Felipe Paranhos, editor do site jornalístico.

As informações apuradas de maneira tradicional são complementadas por contribuições dos leitores, como imagens e vídeos. Muitos ouvintes são fontes assíduas, dando maior credibilidade aos dados recebidos. A produção de notícias feita de forma coletiva é uma das marcas da redação do site.

São recebidos vídeos, fotos e relatos de coisas que estão acontecendo na cidade. De todo o material recebido, somente é descartada a possibilidade de se publicar textos prontos enviados pelas fontes, sem apuração e modificações de acordo com a linha editorial do site.

“Procuramos aproveitar o que vem de fora, de uma maneira que a informação não seja 100% da fonte. Atentamos também para que o relato de uma fonte oficial não se sobreponha ao relato feito por outra fonte que não é oficial, comportamento que já faz parte da cultura jornalística”, afirma Paranhos.

A maioria dos vídeos recebidos precisa passar por uma edição, o que inevitavelmente atrasa a publicação da notícia. De acordo com a equipe do site, seus leitores preferem enviar os vídeos exclusivamente para o Metro1, fazendo com que a notícia continue sendo um furo, mesmo com atraso.

Podcast: entrevista com Felipe Paranhos

De acordo com Paranhos, o tempo de apuração e publicação das notícias para um site é curto, para poder suprir a velocidade dos acontecimentos. “Site que trabalha com hardnews precisa estar o tempo todo ligado no que está acontecendo e produzindo notícias. Tentamos ter um intervalo de 20 min entre as publicações, o que nem sempre é possível”.

Estrutura do site e edição – Composta por uma chefe de redação, um editor, dois repórteres e quatro estagiários, a equipe de redação do Metro1 tem como um de seus focos repercutir e acompanhar o que é produzido pela Rádio Metrópole. Pela manhã é feita uma ronda em outros sites de notícia para buscar os acontecimentos mais importantes e às vezes encontrar imagens que se relacionem ao que vai ser postado. A notícia é reproduzida com o olhar característico da linha editorial do site. É feito também um aprofundamento dos temas abordados pela rádio.

Redação do Metro1. Fonte: Cláudio Jansen

Redação do Metro1. Fonte: Cláudio Jansen

À tarde o foco da redação está voltado para outros temas, muitas vezes pautas enviadas pelos leitores. O Metro1 também serve como apoio à rádio, registrando por escrito o que foi noticiado. A equipe produz o texto e coloca trechos dos áudios dentro da matéria como link para reprodução, uma característica do jornalismo digital.

O site possui formato de blog, já que as notícias vão descendo à medida que o site é atualizado. Alguns leitores e o próprio Paranhos veem essa característica como um ponto negativo. As editorias compensam um pouco essa deficiência estrutural. “Temos interesse em ter um site mais plural, amigável, onde as notícias não se percam tão rápido. Tivemos uma mudança no site, que ficou parecido com um blog. É um formato um pouco pobre”, diz o editor.

A edição das notícias, na maioria das vezes, é feita por Paranhos após a publicação no site. A equipe publica e ele edita o que for necessário, sinalizando para a pessoa o que precisa ser mudado.

Apuração – A maior parte das notícias é apurada da redação, por telefone ou e-mail. O site possui dois veículos para fazer transporte, usados nos casos em que a notícia a ser apurada é muito importante, algo que muda a ordem do dia. No entanto, um dos repórteres da equipe fica o tempo todo na rua, acompanhando muitas vezes o que está sendo apurado na redação.

As atividades do site têm início, todos os dias, às 7h da manhã e segue até as 20h30. Esse horário pode ser extrapolado em casos que exigem uma cobertura mais extensa. “Quando o cantor Netinho estava hospitalizado, nós acompanhamos o estado de saúde dele direto do hospital e íamos atualizando o site. Foi uma cobertura que exigiu um trabalho maior de apuração”, finalizou Paranhos.

Anúncios

Sobre impressaodigital126

produto laboratorial da Oficina de Jjornalismo Digital da Facom/UFBA

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: