//
id.126
Jornalismo_Digital, Seminário

Redes sociais no jornalismo digital*

Virgínia Andrade

Nos anos de 1980 os monopólios e os conglomerados da mídia se tornaram patentes na sociedade. Hoje, os produtores da notícia perderam um pouco do seu privilégio na difusão de conteúdos, embora ainda possuam espaços de maior destaque. A internet possibilitou a descentralização e a diversificação da produção informativa e tornou possível a participação colaborativa do leitor, seja no processo de apuração e produção da informação ou de circulação (e recirculação) desse conteúdo. Neste contexto, e na perspectiva do gatewatching, as redes sociais, especialmente o Facebook e o Twitter, consolidaram-se como ferramentas complementares ao jornalismo digital, capazes de interferir nas práticas do “fazer jornalístico”. As alterações podem ser percebidas em toda a rotina de produção noticiosa.

* Esta apresentação faz parte do conjunto de seminários apresentados na disciplina Oficina de Jornalismo Digital da Faculdade de Comunicação (FACOM) da UFBA, no semestre de 2014.2 .

Anúncios

Sobre impressaodigital126

produto laboratorial da Oficina de Jjornalismo Digital da Facom/UFBA

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: